Dicionário

Algumas definições básicas sobre tudo que envolve o feminismo 😉


Assédio /substantivo/

Perseguição insistente e inconveniente e tem como objetivo provocar o desconforto na vítima, normalmente criando traumas como consequência de tal violência. Existem vários tipos de assédios, entre eles estão o assédio sexual, que são, por exemplo, mostrar ou compartilhar imagens ou desenhos sexuais, comentários sexuais sobre a forma de se vestir ou parecer, fazer sons de natureza sexual ou gestos, ameaças, insultar, tocar em alguém, etc. Todos estes sem o consentimento da vítima.

Consentimento /substantivo/

É um substantivo masculino que expressa dar permissão ou licença para que determinado ato seja praticado. Exemplo: se um ato de objetivo sexual for realizado sem o consentimento das pessoas envolvidas, se torna assédio ou até estupro.

Empoderamento feminino /locução substantiva/

Apoiar a participação das mulheres na sociedade.

Estupro /substantivo/

É um crime que consiste em “constranger alguém, mediante a violência ou grave ameaça, a ter conjunção carnal ou praticar ou permitir que com ele se pratique outro ato libidinoso” de acordo com o Artigo 213 do Código Penal, ou seja, diferente do que muitos pensam, estupro não é só o ato sexual em si, por exemplo as famosas encouchadas.

Estupro corretivo /locução substantiva/

É quando lesbicas são estupradas para “virarem mulheres de verdade”, porque, como vivemos em uma sociedade machista, se uma mulher não gosta de homens e não satisfazem os homens quer dizer que elas não são mulheres de verdade.

Feminicídio /substantivo/

Assassinato de uma mulher por ela ser uma mulher.

Feminismo  /substantivo/

Prega a total igualdade de direitos entre os gêneros. Também preza pela equidade entre homens e mulheres. Diferente do que muitos acreditam, o feminismo não é o contrário de machismo.

Femismo  /substantivo/

Termo que não existe oficialmente, mas que prega a superioridade da mulher. Esse sim é o contrário do machismo, em que as mulheres têm todos os direitos e os homens não.

Machismo /substantivo/

Prega a superioridade do homem, ou seja, acredita que o homem faz o que quiser com ele e com as mulheres, que por sua vez não tem direitos. Obs: vivemos em um mundo machista, em que a maioria das mulheres lutam pela igualdade.

Mansplaining /substantivo/

É quando um homem quer explicar todas as coisas para você, pois pensa que por você ser uma mulher você é burra e não tem capacidade de entender sozinha.

Manterrupting /substantivo/

É quando uma mulher está falando em uma discussão, porém é constantemente interrompida pelos homens.

Maternidade compulsória /substantivo;adjetivo (respectivamente)/

É quando uma mulher é julgada pelos outros por não ser mãe. As pessoas acreditam que se você não for mãe você não é mulher, porque para esses a mulher só serve para: 1) satisfazer os homens e 2) criar filhos  Lembrando que vivemos em uma sociedade assim.

Relacionamento abusivo /substantivo;adjetivo (respectivamente)/

É um relacionamento amoroso, familiar ou uma amizade em que uma das pessoas envolvidas abusa da outra, de forma sexual, psicológica, física ou emocionalmente de outras, acho que da para tirar. Como já foi explicado, porém para deixar mais claro, um relacionamento abusivo não é só dentro de um relacionamento amoroso, mas também dentro da família e entre amigos.

Sororidade /substantivo/

É o sentimento de apoio entre as mulheres. É como o contrário da competição feminina, que é quando mulheres disputam com outras mulheres pelo “prêmio homem”, e somos muito manipuladas pela sociedade para fazer isso. A sororidade faz com que sejamos unidas, precisamos nos juntar, nos apoiar e nos respeitar.

Bibliografia:

https://feminismonapratica.wordpress.com/2016/01/24/dicionario-feminista/

https://www.dicionarioinformal.com.br

https://www.significados.com.br

https://mdemulher.abril.com.br/estilo-de-vida/o-que-e-considerado-estupro-pela-lei/

https://meusalario.uol.com.br/trabalho-decente/tratamento-justo/assedio-sexual/o-que-e-o-assedio-sexual-brazi

https://www.dicio.com.br