Por que é tão normal?

Porque tratamos como normal algumas coisas que são definitivamente anormais? Porque já se tornou tão normal falarmos, por exemplo, sobre uma pessoa não conseguir sair na rua sem sentir medo, seja por causa de seu gênero, cor, sexualidade? Isso definitivamente não deveria ser normal, não deveríamos ter essa preocupação e, principalmente, não deveríamos ter que lidar com pessoas que sejam o motivo desse nosso medo, pessoas que defefendam esse modelo de sociedade: machista, racista, homofóbica, etc..

A gente deveria achar isso realmente um absurdo! Não estou falando que nós não lutamos por uma sociedade melhor, estou falando que ainda temos muito o que melhorar e que não é compreensível que seja normal falar sobre isso.

Nos acostumamos a sermos rebaixados por quem a gente é. O normal seria, cada vez que falássemos sobre um caso de feminicidio, por exemplo, ficássemos altamente emocionados, talvez até chorar, porque cara, é uma mulher que morreu só pelo fato de ser mulher, mas não, hoje em dia falamos disso muitas e muitas vezes, e claro que ficamos tocados, mas é algo rotineiro, entende? Já nos acostumamos saber de coisas como essa e nem nos surpreendemos tanto mais…

O que me da medo é pensar no futuro, porque pensa, se a nossa sociedade já esta achando todas essas coisas normais, pensa o que no futuro a gente pode achar normal? Eu espero muito que ao invés de aceitarmos mais as coisas conforme o tempo passa, a gente comece a se revoltar mais, a lutar mais por essas causas, trazer mais pessoas para o movimento da igualdade e assim mudar o mundo. Porque eu tenho medo. Tenho medo do que o ser humano pode se tornar.

É por isso que eu falo: eu não queria ser feminista, não queria precisar ser feminista, mas diante do que vivemos não tenho outra escolha além de lutar.

be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *