sou um homem feminista

Obs: essa é uma história fictícia, mas baseada em histórias que já ouvi falar.

 

“Bom… eu nunca acreditei muito nesse negócio de feminismo ser igualdade de gênero né? Tipo, eu sempre soube que desde sempre teve muita violência contra as mulheres e tudo mais, mas sempre achei um pouco de exagero o que essas feministas faziam sabe…

Mas eu comecei a namorar uma mulher apaixonante, completamente linda. A gente já estava namorando há, não lembro exatamente, mas mais ou menos uns 4 meses e estávamos andando na rua, passando em uma rua movimentada, em um ótimo bairro, e um homem começou a encará-la. Ele parou do lado dela e ela começou a apertar o passo, obviamente a acompanhei. Logo que passamos ele, ele gritou “nossa, como você é gostosa, cara, você não quer dividir ela comigo, não”. Nessa hora eu gelei, ela virou pra mim e falou “pelo amor de Deus, não fala nada”.

Eu continuei andando, e como ela pediu, não falei nada para aquele babaca. Mas tive vontade. Tive vontade também de dar um soco na minha cara, porque naquele momento eu percebi o que o feminismo queria. O porquê de toda aquela revolta. A partir daquele momento eu entendi o que era igualdade de gênero, e porque eu devia me juntar ao movimento.

A primeira coisa que eu falei pra ela depois de passarmos por ele foi “eu quero me juntar ao movimento de vocês, eu quero ser um feminista também, eu entendi o porque de toda a luta, eu quero ajudar, como eu posso fazer isso?” ela me respondeu: “olha, você acreditar na igualdade de gênero, já te torna feminista, parabéns amor”

Bom… eu sou feminista e quero fazer outras pessoas se tornarem feministas também. essa também é uma luta onde homens podem participar. Essa é uma luta de igualdade sobre todos.”

be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *