A Princesa – Poema

A PRINCESA

 

“Filha, você precisa se casar!”

“Mãe, não precisa me apressar!”

Não estou pronta

Mas o casamento é o que conta

O dia chega 

O príncipe de longe vem me conhecer 

Desajeitado, Maltratado…

Com ele eu teria meu casamento selado 

Eu mal o conhecia 

Mas ele já me tocava 

E ele sabia

Sabia que eu tinha nojo de cada centímetro dele

Cada toque era sufocante

Nem olhar para ele eu conseguia 

O que faria?

Era torturante 

Fazia de tudo para passar reto 

“Bom dia querida, me da um abraço.”

O que ele quiser… eu faço 

Nojo e raiva eram os únicos sentimentos 

Se eu pudesse eu o matava!

Enfim me casei 

“Aceita-o como seu legítimo esposo?”

“Sim”

O que deu na minha cabeça?

Não aceite e cresça!

Não havia mais tempo

O anel já estava em meu dedo

Então me sento 

Jogar o anel pela janela não adiantará

A dor sempre estará 

Você ainda deve se perguntar 

“Porque não se separar?”

Tenho dó

Dó de meu maior medo

Termine agora

Diga não agora

Seja você agora 

Só agora 

Não consegue né?!

Você já se perdeu 

Mal amada, estuprada

Cada vez mais se desfazendo

Sumindo nas imensidões do castelo

Para acordar no próximo dia e dizer: 

“Bom dia amor”

De novo e de novo 

be the first to comment on this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *